Era uma vez… Sapatilhas

Publicado originalmente em Rock & Paetês, em 01 de setembro de 2014.

sapatilhas-repetto-1

Quem não ama um bom salto? A elegância e sensualidade que proporcionam? Mas nem tudo que é belo e gracioso está nas alturas. Por isso, vamos conhecer a história das amadas e femininas sapatilhas, garanto que muitas irão se surpreender!

Quando você lembra dos ícones e divas do cinema e liga sensualidade ao nome, garanto que pensa logo em Marlin Monroe e Brigitte Bardot, né? Pois pasme: as sapatilhas como conhecemos hoje foram idealizadas e criadas pela diva francesa.

Antes de toda sua fama como atriz, musa do sexo e ícone da moda, Bardot foi bailarina por muitos anos, além de fã dos sapatos Repetto com ponta, uma das marcas mais importantes na história dos sapatos. E justamente quando foi chamada para estrelar “E Deus criou a mulher”, em 1956, a atriz pediu a Rose Repetto que criasse um modelo de sapatilha para ela, mas que fossem para as ruas e não só, tablados.

Pedido aceito, e madame Repetto se incumbiu de criar um modelo especial para Briggite, em cor vermelha, que seria usada na cena memorável do mambo (quem não assistiu esse filme, tem obrigação de ver, hein?!). Obviamente, Bardot se apaixonou por elas. E, quando o filme foi lançado, a dupla explosiva (Brigitte Bardot + sapatilhas vermelhas) se tornaram a sensação do dia para a noite.

brigitte-bardot-repetto-flats-at-the-1956-Passado um ano do lançamento do filme, foi a vez da doce Audrey Hepburn calçar seu próprio par de sapatilhas em “Cinderela em Paris”, durante a sua cena de dança. E, assim como da outra vez, as sapatilhas tomaram conta das ruas.

audrey-hepburn-leggingsTeve um período que elas ficaram esquecidas ou poucos modelos era produzidos. Entretanto, depois de 50 anos do seu lançamento, elas continuam sendo tão desejadas quanto antes. E, ao vermos suas pioneiras, vemos que são sapatos marcantes, fortes, sensuais e delicados ao mesmo tempo; tornando qualquer produção elegante e atemporal.

Atualmente, apesar dos mais diversos modelos, estilos e materiais, as mais desejadas e copiadas são as tradicionais pretas, vermelhas e bicolores, muitas vezes inspiradas nas da Chanel, Lanvin, Reppeto. Mas também vale investir nas coloridas, de pele ou padronagens diferentes e com ares de ousado, pois até Louboutin se rendeu à elas.

sapatilhas-louboutin-r

Beijinhos,

Logo geral

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s