Saia de saia, mas saia!

Um dúvida bem recorrente, que sempre aflige minhas cliente e amigas, é sobre comprimento e tipo certo de saia para cada tipo de corpo! Ainda mais agora, com a volta de comprimentos médios a longos. E, para facilitar um pouquinho a vida de todas e saberem a nomenclatura adequada, vou fazer um guiazinho para vocês! Hoje, falaremos sobre comprimentos e, essa semana ainda, sobre os modelos (já está agendado e tudo!).

Símbolo de feminilidade e elegância, a saia pode ir ao mais diversos eventos, desde casamentos, trabalho, praia… E, se puder dar uma dica fundamental: bom senso crítico é tudo na hora de escolher o melhor modelo e comprimento!

A saia ganhou tamanha importância, funcionalidade e democracia a partir da estilista Coco Chanel; revolucionou e escandalizou o mundo quando Mary Kant e Courrèges criaram as minis e colocaram as pernas pra jogo junto com as icônicas botas brancas, na década de 1960. Entretanto, nos últimos anos, muitos modelos foram e voltaram, inventados e adaptados, fazendo as saias peças essenciais, quase tanto quanto um bom jeans.

mary_quant_minissaia

Pesquisei muitas imagens para exemplificar bem a diferença dos comprimentos, pensei em desenhar, fazer montagem… Mas eis que urgiu esse esquema, lindo, radiante e muito bem feito:

tipos-de-saia

Micro: salvo se você não for uma adolescente, passista de escola de samba ou estiver na praia, evite! Um dos comprimentos mais controversos, ainda mais se você tiver o biotipo mais avantajado, pernas mais grossas, pois pode passar de feminino para vulgar num piscar de olhos! Prefira sempre sapatos baixos ou saltos mais delicados. Ah, um short por baixo sempre é bem vindo!

micro

Mini: A cara do verão e mais popular no Brasil, são um pouco menos controversos e ficam ótimas com sapatos baixos e, se forem de cintura alta e mais soltinhas, podem trazer um ar moderno à produção. Se as pernas forem mais grossas, tente usar com sapatos de bicos mais alongados e os shorts por baixo sempre são recomendados. Com ar mais informal, no geral, não é indicado para trabalhar ou ocasiões mais formais (exceto, festas, mas cuidado!).

mini

Curta: as mais democráticas e de fácil acesso a todos locais e eventos, ficam bem com salto e sapatos baixos. Pode ir trabalhar? Pode sim, só evite as muitos justas. Restrições mínimas para pernas finas e grossas! Cuidado só para não exagerar no volume na parte superior e usar sapatos que cortem a canela, porque podem achatar qualquer corpo.

rs_634x1024-130716105106-623.olivia..ls.71613_copy

Clássica: ou no joelho! Um dos comprimentos que voltou às cenas, principalmente, as lápis! Grandes aliadas para alongar a silhueta se usadas com bicos finos ou pés mais descobertos. Se tiver coxas grossas, evite as muito justas. Ideal para trabalhar, principalmente, em locais mais formais.

clássica

Midi: a queridinha das últimas estações e amada pelas fashionistas, são as que ficam um palmo abaixo do joelho! Não confundir com a clássica! Essa saia pode ser meio arriscada se você for mais baixa, porque pode lhe achatar! Elegante ao extremo, fica muito bem com tops e blusas mais justas, para balancear. E, sapatos de bicos finos e sandálias são os melhores amigos! Sapatos que prendam na perna salvo se for muito alta, não são recomendáveis.

midi

Máxi: muito semelhante ao mídi! Fica excelente em modelos mais volumosos, pois com o movimento não parecem longos!

maxi

Chá: considero um dos mais difíceis e aconselho mais para vestidos de festa mais justos. Seguem um pouco as regras da mídi, mas se for baixinha, passe adiante! Além de envelhecerem muito fácil, por ser um comprimento mais conservador!

chá

Longo: presente desde sempre na indumentária, vai das mais novas às senhoras, da feira ao baile, tudo depende do bom senso e estilo pessoal! E, sim, baixinhas pode usar, desde que com saltos e modelos que as alonguem, de acordo com seu corpo. Recomenda-se, cobrir os sapatos para não parecer que está curta, quer mostrar o sapato: chá ou midi!

longa

O comprimento é mais fácil de adaptar e acertar para o tipo de corpo, pois depende mais do sapato usado e da proporção, criando um jogo de ilusão ótica. Acho sempre o modelo mais perigoso e pregador de peças. Contudo, por mais que o comprimento seja o ideal para seu tipo, idade e ocasião, se for no modelo errado, tudo será jogado fora!

Quando você souber o modelo ideal, o comprimento será uma verdadeira brincadeira! Por isso, fiquem atentas à próxima matéria sobre saias, hein?!

Imagens: Google

Beijinhos,

Logo geral

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s