Look do dia: camiseta de banda sim!

Como boa sagitariana, tenho aqueles dias que dá vontade de mudar um pouco, que outros estilos ressurgem. O look de hoje é a prova disso: misturei uma camiseta de banda (!), um bom jeans cintura alta e scarpins! Não é que rendeu uma boa mistura!

Montagem the who jeans 1

Fotos: Ricardo Paulo

Muitas pessoas tem um preconceito danado com camisetas de bandas, fato! Seja por acharem coisa de adolescente, seja por ser despojado e largado demais. Entretanto, elas podem ser a peça ideal para quebrar a sobriedade de algumas peças, como saias lápis, blazers, calças de alfaiataria e assim por diante. Digo mais, não só as de bandas, mas de personagens também. Só ter limite na zueria se for usar no ambiente de trabalho e escolher estampas que combinem com você, não porque o tema está na moda. #zueiraneverends

Para essa produção juntei a feminilidade da calça skinny de cintura alta, com ares meio pin up, com o scarpin azul quase do tom do jeans, para contrapor com a t-shirt e a camisa preta amarrada na cintura. Amenizando, assim, o excesso de influência grunge e da década de 1990, tornando-o um look que poderia facilmente ser usado para trabalhar numa “casual friday“, para um happy hour, um cineminha e até para uma balada.

No look poderia ter substituído a camisa na cintura por um blazer ou um sobretudo 7/8, deixando a produção mais elegante. E, para as mais descoladas ou que preferem conforto, por um tênis branco, que está super em alta. A base criada com o jeans e a camiseta, mesmo sendo de banda, permite muitas opções, tanto quanto se fosse uma t-shirt lisa preta, branca ou mescla.

Os acessórios fazem diferença, pois o scarpin quebra o excesso de caracterização que um All Star ou um contuno trariam, mas sem perder os ares rock’n roll. Já o brinco de pedrarias é uma escolha menos óbvia que spikes e mostra uma preocupação em sofisticar a temida camiseta de banda.

Detalhes 2

Foto: Denise Barcelos

Na maquiagem optei por tons neutros e um batom nude para equilibrar as referências, mas caberia facilmente um batom vermelho ou um delineado mais marcado de gatinho. Tudo depende do ambiente que será usado. No caso, como era uma produção para resolver coisas na rua e reuniões, optei pelo mais clean e natural, dando destaque ao cabelo com leves ondas.

Algo muito importante quando usamos uma referência marcante é balancear com peças neutras e brincar com o high-low (mistura de peças mais descoladas com as mais sofisticadas), mostrando que você entende que a roupa escolhida tem informações de moda, mas sem ser caricato.

Portanto, nada de guardar as camisetas de bandas que você gosta para só usar aos finais de semana e para ficar em casa! Brinque com elas, busque referências, pesquise. Às vezes temos peças com grandes potenciais, mas que só a vemos de uma forma limitada e perdemos de usá-las mais e de formas que combinem com nosso estilo. Não importa o preço da roupa, mas o valor que ela pode assumir no seu armário.

Montagem the who jeans 2

Fotos: Ricardo Paulo

Camiseta: Cavalera | Calça: Zara | Camisa: Ellus | Scarpin: Zara | Brinco: 25 de Março | Batom: 810 – Sweet Toffee, Maybelline | Esmalte: Amor, Impala

Beijinhos,

Assinatura Dê Barcelos

Anúncios

2 comentários sobre “Look do dia: camiseta de banda sim!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s