Arrumando o mochilão com quem sabe do assunto

Final de ano é sinônimo de viagem para muitas pessoas e aqui mesmo já falamos como fazer uma boa mala para locais de praia, cidade e campo. Entretanto, já pensou em como fazer uma mala para viagens longas, mochilões? Pois suas dúvidas mais comuns serão respondidas por uma especialista em viagens longas, incluindo uma volta ao mundo de 7 meses e que já visitou 33 países com menos de 30 anos, a jornalista potiguar Karla Larissa.

backpacking3-1426517665-8zWf-facebook@2x

Conheço Karla há mais de 10 anos, pois cursamos Comunicação juntas na UFRN, e sempre acompanhei meio de longe a jornada profissional que ela seguiu (atualmente Karla é editora do blog Compartilhe Viagens e jornalista da Compartilhe Comunicação), inclusive nas duas grandes jornadas de viagens que ela e o marido fizeram (Dois no Mundo e Dois na América, que ainda bateremos um papo super interessante sobre isso) e sempre me impressionou como ela, sendo mulher, fazia nesses longos períodos com o quesito mala e, mais ainda, vaidade! Aproveitei a deixa que vinha recebendo muitas perguntas sobre esse tipo de mala e a experiência dela na prática para fazer uma entrevistas com dicas emocionantes sobre a bagagem de um mochilão, que servem para a vida!

Pois vamos deixar de lenga-lenga e vamos ao que interessa: a entrevista!

karlalarissaDê Barcelos: É possível fazer uma viagem de mais de 1 mês só com um mochilão?

Karla Larissa: O primeiro grande mochilão que fiz foi uma Volta ao Mundo, que durou 7 meses, junto com o meu marido. Levamos cada um, uma mochila grande de 10kg e uma pequena, de 2kg a 3kg com computadores e câmeras. Na segunda viagem, que fizemos esse ano, pela América, levamos apenas uma mochila grande para os dois, de 8kg e duas pequenas com os notebooks e câmeras.

Isso porque com um tempo você aprende que viajar leve te possibilita muito mais liberdade de ir e vir. E que você não precisa de muita coisa para viver. Muito menos para viajar. Além disso, as pessoas esquecem que roupas não são descartáveis. Só levo roupas para uma semana de viagem e depois vou lavando. Aí muita gente diz: ah! Mas as fotos saem com as roupas repetidas. Nesse caso tem uma frase que eu adoro: “Same t-shirt, diferent day”, que significa que posso estar com a mesma roupa, mas pelo menos estou num lugar diferente, vivendo um dia diferente.

foto2_veneza
Karla em Veneza, Itália, 2013, com o casaco cinza clássico (Ph: Arquivo Pessoal)
DB: Quantas peças, em média, e quais você costuma levar em uma viagem de mais de 15 dias para um local de praia?
KL: Uma coisa importante para levar pouco peso em uma viagem é viajar para lugares com climas parecidos e, melhor ainda, se for praia ou verão porque assim dá para viajar com a bagagem muito leve. Dois biquínis é mais que suficiente para dar tempo de lavar um enquanto usa o outro, se for dupla face, melhor ainda; no máximo dois shorts, de preferência de tecido ou um material que seque rápido; algumas regatinhas ou blusas de manguinhas curtas para fazer vários looks com eles, uma canga e uns dois vestidinhos que sirvam para sair à noite ou algum lugar mais arrumadinha. Mas se é um local de praia, você passará a maior parte do tempo de biquíni mesmo. Para calçar uma rasteirinha e um par de chinelos. Nada mais!
DB: Quais produtos de higiene/beleza você considera indispensáveis?
KL: Para mim, o mais indispensável é o protetor solar. Uso sempre fator 50, especialmente, se vou passar um período longo em praias. Além disso, só levo o básico: shampoo, sabonete, creme de pentear e creme dental. Para maquiagem, só pó ou base, um lápis para olho, rímel e um batom clarinho. Mas quase nunca uso. Ah! Importante levar uma tesourinha ou cortador de unha, alicate e lixa de unhas. Mas quando viajo por longo período, mantenho as unhas curtas porque é mais fácil.
foto3_valesagrado_peruKarla no Vale Sagrado, Peru, 2015, com o mesmo casaco e acessório diferente (Ph: Arquivo Pessoal)
DB: É possível fazer uma viagem por tantos países e não comprar roupas/produtos de beleza?
KL: Eu tenho sorte de não ser uma pessoa consumista (só quando se trata de viajar), mas não vou negar que às vezes, morro de pena por não pode levar algumas coisas que quero. Mas quando você tem que carregar uma mochila nas costas, toda vez, que você pensa em comprar algo, você pensa no peso daquilo. Então, quando é algo que eu quero muito, por exemplo, uma blusa, eu me desfaço de alguma peça que trouxe comigo antes. Por isso, que só levo para viagens longas, roupas que não me importaria se tivesse que me desfazer. Isso aprendi com alguns amigos europeus, roupas de viagens são roupas que você pode manchar, rasgar, perder, doar, sem se importar.
DB: Que dicas você daria para quem está acostumada a levar muita bagagem e fará um mochilão?
KL: Como falei antes, para mim é mais importante estar em lugares diferentes do que com roupas diferentes. E, no caso das fotos que as pessoas tanto falam, prefiro estar com o mesmo biquíni com praias paradisíacas ao fundo do que a cada dia fazer uma foto com uma roupa diferente em frente ao espelho. Mas dá para ficar arrumadinha mesmo levando pouca coisa. O ideal nesse caso é levar peças que combinem entre si e que sirvam para várias ocasiões. Dê preferência que não sejam muito coloridas ou estampadas. Os vestidos e as calças leggings são coringas para mim, sempre levo comigo. Também escolho roupas leves e de um tecidos que não amassam porque assim posso lavar sem precisar necessariamente passar.
foto1_DC
Karla em Washington DC, EUA, 2015 e novamente o bom casaco cinza, mas sempre elegante! (Ph: Arquivo pessoal)

DB: Como fica a questão da beleza/vaidade quando se passa tanto tempo longe de casa?
Sinceramente, às vezes, é uma liberdade não ter que ficar pensando que roupa usar, mas escolher a que está limpa. Também não ter que se vestir pensando que as pessoas vão se importar com sua aparência. Quando estou viajando, me desligo dessas coisas. É aquela coisa: não sou daqui e não vim para ficar. E aí, você acaba sendo mais você e se mostra mais verdadeiramente. Pelo menos é assim comigo. Mas claro, depois de toda viagem, saio correndo para um salão de beleza para voltar a ser apresentável!kkk Ah! E quando a viagem é muito longa, às vezes, me dou ao luxo de ir em um salão de beleza ou comprar uma roupa nova.

DB: Itens que não podem faltar (sapatos/roupas)?
Depende muito do clima e propósito da viagem. Mas eu levo sempre um tênis, um par de sapatilhas e chinelos. Duas calças, uma legging e outra que pode ser jeans, um vestido curto ou longo que dê para sair à noite ou lugar mais arrumado, algumas blusinhas, uns dois shorts, biquíni e canga. Se for para um lugar frio, posso levar mais um ou dois suéteres ou cardigã e apenas um casaco que já embarco com ele, não coloco na mochila, e um ou dois cachecóis.

DB: Dicas essenciais que aprendeu depois de viajar por tantos locais do que é realmente importante carregar na mala?
KL: Para mim, a câmera fotográfica em primeiro lugar. Depois o biquíni porque em nenhum outro país você encontra como os brasileiros. O resto você encontra em qualquer lugar e se sentir falta, pode comprar. Mas sempre saio com a bagagem mais enxuta possível, pois se quiser trazer algo pelo caminho é mais fácil. Mas com um tempo de viagem, você aprende que menos é mais. 
tumblr_nca027qjQL1r72d26o1_500
Vai dizer que essas dicas não são de ouro e para carregar para vida em muitos aspectos?! Principalmente o desprendimento da necessidade excessiva de bens materiais e o aproveitamento ao máximo das experiências, além do consumo consciente! Inclusive, achei sensacionais as dicas porque, por mais que eu trabalhe como personal traveller (conheça mas os serviços de consultoria Dê Barcelos) e organize muito bem uma boa mala, algumas coisas a gente descobre na prática, que ela tem de sobra.
Não sei vocês, mas a minha vontade é pegar o primeiro avião e me jogar numa mochilão agora!  Ah, não esqueçam d acompanhar a Karla e suas aventuras nas redes sociais (Ig: @compviagens e Facebook: Compartilhe Viagens)
Beijinhos,
Assinatura Dê Barcelos
Redes Sociais
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s