Exposição GIRACORPOGIRA II, de Jaques Faing

Na semana passada dei dicas para os leitores de Natal ou que estejam de passagem por lá, já hoje a dica é para os paulistas e com referências carnavalescas, numa mistura de arte, fotografia e carnaval que deu muito samba: a exposição GIRACORPORCOGIRA II, do conhecido fotógrafo, inclusive de moda, Jaques Faing, que entra em cartaz amanhã, 02, no Museu Afro Brasil, instituição da Secretaria de Cultura do Estado de SP. Vem conhecer um pouco mais da exposição, que apresentará ao público 38 obras, resultado da pesquisa realizada por Faing desde 2003 sobre o Carnaval do Rio de Janeiro e de São Paulo. Garanto que você ficará querendo passar por lá e prestigiar o artista!

f5divulgacao+Giracorpogira+II+Jaques+Faing

As imagens obtidas pelo artista visual carioca que vive e trabalha em São Paulo sugerem inúmeras camadas de significados, fruto de seu trabalho tanto como poeta quanto como performer. Elas conduzem o espectador a prolongar seu olhar sobre o movimento dos corpos nelas insinuados, possibilitando uma nova experiência estética.

Em suas obras, Faing busca captar o invisível, explorando seu próprio movimento, circulando ousadamente dentro das passarelas, e também o movimento da câmera fotográfica e o das figuras para ousar captar algo mais do que uma imagem. O resultado são cores pulverizadas pela harmonia entre a baixa velocidade da câmera, alta velocidade da dinâmica das personagens e deslocamento contínuo do olhar do artista.  São baianas desmaterializadas girando delicadamente acima do chão, como abstrações que revelam sutileza cromática, cinética e poética.

Estes corpos flutuam com suavidade e leveza, para além da realidade do carnaval, transportando o espectador para um campo sensível, silencioso e transcendente.

O artista

IMG_5917retrato

Formado em engenharia, Jaques Faing nasceu no Rio de Janeiro e, atualmente, vive e trabalha em São Paulo. Realizou várias mostras coletivas e individuais, expondo em instituições como a Pinacoteca e o Museu de Arte Moderna de São Paulo, entre outras.

Em seu trabalho, Faing se inspira no movimento, tanto pela maneira de gerar e captar imagens, considerando o ato fotográfico uma performance, como pela utilização de suportes cinéticos para as imagens que produz. Pesquisa a transposição da fotografia para suportes tridimensionais que ele mesmo projeta e constrói, transformando a imagem em objetos e esculturas.

Possui obras nos acervos do  Museu de Arte Moderna (MAM) e no Museu de Arte Contemporânea da USP (MAC), ambos em São Paulo, no Museu Nacional de Belas Artes (MNBA) e no Museu de Arte do Rio (MAR), na cidade do Rio de Janeiro.

SERVIÇO:

Exposição “Giracorpogira II”

Abertura: 02 de fevereiro de 2016 –19h

Encerramento: 03 de abril de 2016

Museu Afro Brasil

Av. Pedro Álvares Cabral, s/n

Parque Ibirapuera – Portão 10 (acesso pelo portão 3)

São Paulo / SP – 04094 050

Fone: 55 11 3320-8900

www.museuafrobrasil.org.br

Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 10h às 17h, com permanência até as 18hs.

Ingressos: R$ 6 – Entrada gratuita aos sábados.

App Museu Afro Brasil disponível para IOS e Android, com download gratuito na Google Play e App Store.

Eu confesso que estou muito curiosa para visitar, ainda mais que, para quem não sabe, há muito anos trabalho com Comunicação voltada para área cultural, o que me fez presenciar e trabalhar para exposições fantásticas como essa!

Imagens: Divulgação

Beijinhos,

Assinatura Dê Barcelos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s